Persépolis

Marjane, você não me conhece, mas já pode ser considerada minha melhor amiga. Me identifiquei com 60% dos acontecimentos em sua vida. Dúvidas, medos, lutas, enfim.

Obrigada por expor suas experiências. Gostaria que seu livro não tivesse fim. É uma pena eu já estar terminando de lê-lo.

Quem não leu, recomendo.

Tem filme também:

Advertisements

Planos e Planos

Daí você chega em uma etapa da sua vida e se pergunta:

Você está onde você gostaria de estar daqui 5 anos?
Se sente realizado?
Se fosse morrer hoje, morreria feliz?

Não, não e não. Nunca estaremos satisfeitos. Eu não estou satisfeita.

Eu quero é mais, muito mais. Quero poder começar o final de semana dizendo: “Chega logo segunda-feira!”. Quero poder acordar a hora que eu quiser sem o despertador chato. Quero poder morar em um lugar confortável, ainda que seja pequeno e simples. Espero, um dia, sair da asinha da mamãe. E rápido, por favor, que a vida tá passando.

Raiva e Preguiça

Raiva deste layout não estar do jeito que eu queria.

Preguiça pois cheguei quase agora do trabalho e já estou com sono

Saco, adoraria começar com chave de ouro e dizer assuntos relevantes que gerariam debates mundiais. Mas hoje não tô afim.

Me contento apenas em desfrutar desta noite quase perdida. Digo quase pois ainda estou viva. Então não foi totalmente perdida.

Mas não aproveitei em nada este momento. Apenas perdi meu tempo tentando aprender a mexer nisso.

Perdi alguns segundos da minha vida. Tempo que poderia ser melhor aproveitado.

Mas a vida é assim.

Imagem

Empezando…

Decidi que eu precisava voltar ao mundo da blogosfera. 

Tenho necessidade de criar, explorar, expor todos os sentimentos mais profundos e frustrações.

Sobre o que vai ser? Nem eu sei. A vida determinará o rumo que esse blog irá tomar.

É isso. Seja o que Deus quiser. =)